Livros de cabeceira para uma luta de todos os dias


Um ramalhete de leituras refractárias para arejar do bafio. Tónicos para desinfectar o racismo, desentranhar o nacionalismo, desenferrujar o anti-colonialista que há em nós. Uma dúzia de livros para ter à mão: nas ruas, na faculdade, no hemiciclo e na cama. E continuar a empurrar as palavras contra a ordem dominante.
 

A Liberdade é Uma Luta Constante | Angela Davis 

Sei porque Canta o Pássaro na Gaiola | Maya Angelou

Crítica da Razão Negra | Achille Mbembe

Políticas da Inimizade | Achille Mbembe

Oreo | Fran Ross

A Estação da Sombra | Léonora Miano

Ministros da Noite – Livro Negro da Expansão Portuguesa | Ana Barradas

As Veias Abertas da América Latina | Eduardo Galeano

Espelhos – Uma História Quase Universal | Eduardo Galeano

Homo Sacer e os Ciganos – O Anticiganismo... | Roswitha Scholz

Um Sétimo Homem | John Berger

As Bênçãos da Civilização – Textos contra o Imperialismo e Outros Males | Mark Twain

Reflexões sobre a Escravidão dos Negros | Condorcet

 


Partilhar esta publicação


← -