A Génese Natural

Sobre a Situação Singular dos Machos na Humanidade

Asger Jorn

  • €10.80

É ponto assente que, nos dias que correm, os homens e as mulheres estão descontentes uns com os outros. A questão é saber se se trata de uma maldição original que os condena à desilusão recíproca ou se os conflitos que os opõem não serão apenas sintomáticos de um momento transitório da história da humanidade.

Asger Jorn

Objecto literário não identificado, segundo Alice Debord, A Génese Natural foi escrita entre 1963 e 1964 e enviada a Guy Debord, que a reviu em francês para publicação. Breve e irónica reflexão, dissimulada por uma seriedade imperturbável, traça a origem e a evolução da guerra dos sexos, do mito da costela de Adão e da expulsão do Paraíso aos tempos mais modernos. Abordando a natural situação de hostilidade e a eterna discórdia entre géneros, é uma truculenta paródia que aponta o dedo a falsos moralismos e ao logro dos valores contemporâneos.

  • Título original La Genèse naturelle
  • Tradução Marta Lança
  • Prefácio José Miranda Justo
  • 1.ª edição 2014
  • Páginas 112
  • ISBN 978-972-608-249-1

imprensa