A Máquina Pára e Outros Contos

E. M. Forster

  • €14.40

Criámos a Máquina para que cumprisse a nossa vontade, mas agora não conseguimos que tal aconteça. Ela obscureceu todas as relações humanas, paralisou os nossos corpos e as nossas vontades, e agora obriga-nos a idolatrá-la.

Estes dez contos publicados entre 1904 e 1920 revelam o fundo abismo que separa, por um lado, existências regidas por falsas convenções e pelo dito progresso civilizacional e, por outro, vidas em paz com a terra e a natureza. O que sucede se nos desviarmos do caminho árido que sempre seguimos obedientemente («O Outro Lado da Sebe»)? Ou se trocarmos a erudição dos livros pela concretização da sabedoria que eles encerram («A Diligência Celestial» e «Outro Reino»)? A par de fábulas e fantasias que bebem na mitologia clássica e no simbolismo, em cenários pitorescos como a Itália e a Grécia, destaca-se «A Máquina Pára», um visionário conto distópico, que, em 1909, soube prever a subjugação do homem à tecnologia e a degradação das relações humanas numa sociedade dominada pela máquina.
  • TÍTULOS ORIGINAIS The Machine Stops / The Other Side of the Hedge / The Story of a Panic / The Road from Colonus / The Eternal Moment / The Curate's Friend / The Celestial Omnibus / Other Kingdom / The Point of It / The Story of the Siren
  • TRADUÇÃO Miguel Martins
  • SELECÇÃO E PREFÁCIO Júlio Henriques
  • ILUSTRAÇÃO DA CAPA Christina Casnellie
  • 1.ª EDIÇÃO 2020
  • Páginas 248
  • ISBN 978-972-608-361-0

 

imprensa

imprensa

imprensa