Concerto Barroco

Alejo Carpentier

  • €11.70

Dentro de momentos, começaria a soar o cobre ímpar de Louis Armstrong. E a Filomeno parecia-lhe que, ao fim e ao cabo, nesta cidade lacustre, a única coisa que restava, viva, actual, era o ritmo, os ritmos, simultaneamente elementares e pitagóricos, inexistentes noutros lugares onde os homens tinham comprovado que as esferas não tinham outra música senão a das suas esferas.

Concerto Barroco (1974) não é um romance; é uma pequena jóia, na qual se cristaliza o virtuosismo de Alejo Carpentier como musicólogo e, segundo alguns, como precursor do realismo mágico. Breve obra de maturidade, narra o curioso périplo setecentista de um aristocrata mexicano e do seu criado Filomeno, que, cruzando o Atlântico, rumam à refinada Veneza no Carnaval. Nesta cidade, um prodigioso concerto reunirá Louis Armstrong, Scarlatti e Händel, Vivaldi e a sua orquestra de pupilas musicófilas, os fantasmas de Wagner e de Stravinski. Genuína explosão de cor e música, Concerto Barroco cruza tempos e sonoridades, o Velho e o Novo Mundo, as suas culturas e histórias, e é, para o próprio autor, a «suma teológica da sua carreira».

  • Título original Concierto Barroco
  • Tradução Helena Pitta
  • 1.ª edição 2013
  • Páginas 128
  • ISBN 978-972-608-241-5

imprensa