Escada Líquida

Conversas inéditas com surrealistas portugueses

Eduarda Feio e Maria Aurélia Marcelino

*
  • €12.60
  • Poupe €1.40

Passados mais de quarenta anos, ainda encontramos nestas entrevistas revelações importantes que nunca vieram a lume publicamente. Os manifestos que presidiram à formação do grupo mantêm-se vivos, nas vozes dos entrevistados, e são contributos para o entendimento de uma época.

Em 1978, duas alunas da Escola Superior de Belas-Artes entrevistavam com desenvoltura, de gravador na mão e caneta em riste, Mário-Henrique Leiria, na sua «Casa de Usher» em Carcavelos (uma das poucas entrevistas dadas pelo autor), Henrique Risques Pereira, no Grémio Literário de Lisboa, e Cruzeiro Seixas, num banco de jardim. Procuraram em vão e caricatamente por Fernando Alves dos Santos na lista telefónica e chegaram a Pedro Oom por via mediúnica. Mário Cesariny, o «papa do surrealismo português», recusou-lhes a entrevista. Até hoje inéditas, as presentes conversas, ao brotar do discurso, são um testemunho vivo e espontâneo, sem meias-medidas nem papas na língua, sobre o percurso de vários surrealistas e sobre «a máquina de lavar o cérebro» que foi o surrealismo em Portugal.

  • PREFÁCIO E NOTAS BIOBIBLIOGRÁFICAS António Cândido Franco
  • POSFÁCIO Eduarda Feio
  • 1.ª EDIÇÃO 2021
  • PÁGINAS 104
  • FORMATO 17 x 23 cm
  • ISBN 978-972-608-399-3

imprensa



*O preço final inclui 10% de desconto da editora (válido até 31/12/2021)
NÃO APLICÁVEL NOUTRAS CAMPANHAS EM CURSO

Também recomendamos