Flauta de Luz – n.º 4

  • €10.00

A mente mentecapta trabalha duplamente: enquanto novas naves avançam pra mais longe, na Terra a existência implode já mais perto.

O n.º 4 desta revista apresenta-se muito diversificado e sob o signo da crítica da cultura. Vários blocos temáticos abordam questões centrais: adaptação do movimento ecológico ao «capitalismo verde»; reformulações ambientalistas decorrentes dessa grande contradição; aspectos da actual importância política das culturas vernaculares (ameríndias, no caso vertente); crise terminal do modo de produção capitalista em algumas das suas expressões materiais; dimensão tentacular da tecnociência como aprofundamento e interiorização das relações sociais capitalistas. Uma parte dedicada à história sociopolítica portuguesa aborda o papel da tortura sonora durante o fascismo, a prolongada presença da mitologia colonial na «identidade lusíada» e o teatro militante de temática operária.

São de sublinhar duas extensas contribuições: a do cineasta britânico Peter Watkins sobre a crise dos média audiovisuais e a do ensaísta sérvio Ljubodrag Simonovic sobre o desporto como religião do capitalismo. E ainda uma primeira longa abordagem do cinema francês de José Vieira (cinema e emigração), e a presença do surrealismo em Portugal na sua relação com o pensamento libertário.

Este número, profusamente ilustrado, contém também participações de arte visual, poesia e ficção.

Quim Sirera | Jorge Leandro Rosa | Peter Watkins | Ljubodrag Simonovic | Anselm Jappe | Jorge Valadas | Anabela Duarte | Júlio Henriques | Carlos da Fonseca | David Watson | Maria de Magalhães Ramalho | Pedro Morais | et al.

  • EDIÇÃO E COORDENAÇÃO Júlio Henriques
  • DESIGN GRÁFICO Gonçalo Mota
  • DESENHO DE CAPA Tiago Mourato
  • AUTORES Vários
  • EDIÇÃO 2017
  • Páginas 264
  • Formato 19x24 cm
  • ISSN 2183-9948

imprensa