Manuscrito Corvo

Max Aub

  • €13.50

Os homens fazem o que não querem. Para alcançarem este objectivo, tão absurdo em nosso entendimento, inventaram quem mande neles.

Uma das obras mais singulares de Max Aub, Manuscrito Corvo (1955) é o caderno de notas de um certo corvo Jacobo, em que o nosso alado narrador relata, com ironia e em prol da comunidade corvina mundial, as suas impressões sobre a estranha espécie humana. E é num dos «centros culturais de maior nomeada» – o campo de concentração de Vernet, onde Max Aub esteve encarcerado nos anos 40 – que Jacobo perscruta o quotidiano, perplexo com a irracionalidade e os absurdos das criaturas sem penas. Neste tratado sobre a condição do Homem, sobre as suas contradições e supostas certezas, resta ao sagaz pássaro concluir que, depois de tudo observar, o melhor é voar dali para fora.

  • TÍTULO ORIGINAL Manuscrito cuervo
  • TRADUÇÃO E PREFÁCIO Júlio Henriques
  • ILUSTRAÇÃO DE CAPA Ricardo Castro
  • 1.ª EDIÇÃO 2017
  • páginas 176
  • ISBN 978-972-608-299-6


Crimes Exemplares
13.5 EUR
esgotado