• €5.00

Jean Meslier (1664-1729), padre sem Deus, dedicou-se durante toda a vida a um ritual para ele desprovido de sentido: dirigir as suas orações a um céu vazio, pronunciar palavras sem qualquer conteúdo, rezar uma missa de pura convenção ou administrar sacramentos como se não passassem de macaquices... De regresso a casa no seu presbitério rodeado de bosques e campos lavrados todas as noites redigia à luz da vela um requisitório contra a ordem «detestável» cuja destruição desejava com todas as suas forças. A Antígona vem dar a conhecer ao leitor português pela primeira vez excertos desse requisitório-testamento certa de que tão surpreendente texto contribuirá para a crítica da mentira instituída.

  • TRADUÇÃO Luís Leitão
  • 1.° EDIÇÃO 2003
  • páginas 148
  • ISBN 972-608-150-5

imprensa