• €14.40

Este é o mundo, imediatamente reconhecível, das ficções de Saunders: o mundo do procedimento simulado e redundante, o mundo da suavíssima intimidação hierárquica, o mundo da evasão de responsabilidades na voz passiva, o mundo da falsa autoridade do eufemismo.

 Rogério Casanova

Nos seis contos reunidos em Pastoralia (2000), publicados originariamente na New Yorker, desfila uma galeria de vidas absurdas e humilhantes em busca de redenção. Encontramo-las em parques temáticos com faxes e homens das cavernas assalariados, numa genial sátira da rotina laboral («Pastoralia»); no peculiar rescaldo de um seminário motivacional («Winky»); em bairros sociais como «Carvalho do Mar»; ou em empregos desanimadores («A Infelicidade do Barbeiro»). E seguimos o seu rasto nas glórias futuras imaginadas na infância («O Fim de FIRPO Neste Mundo») e nos trágicos dilemas da maturidade («As Cataratas»). Em Pastoralia, George Saunders revela-nos um mundo onde as distopias já se concretizaram e cujas vítimas zelam pela sua perpetuação com passiva credulidade.

  • Título original Pastoralia
  • Tradução e prefácio Rogério Casanova
  • Ilustração de capa Marco Mendes
  • Edição 2017
  • Páginas 224
  • ISBN 978-972-608-284-2