Hannah Arendt / Giorgio Agamben

Nascida na Alemanha no seio de uma família judia, exilada em Paris e em Nova Iorque após a ascensão do nazismo, Hannah Arendt (1906-1975) foi uma das pensadoras mais influentes do século XX. Nas suas obras, entre as quais se destacam As Origens do Totalitarismo (1951) e A Condição Humana (1958), Arendt reflecte sobre a natureza da liberdade e da autoridade, da revolução e da tradição, e sobre o germe de tiranias, propagandas e fenómenos de massas.

Giorgio Agamben (Roma, 1942) é um dos maiores vultos da filosofia contemporânea. Aluno de Martin Heidegger, estudioso do pensamento político de Simone Weil e responsável pela edição em italiano da obra de Walter Benjamin, tem desenvolvido o seu pensamento entre a filosofia política, a literatura e a estética — de onde sobressaem os nove volumes de Homo Sacer (1995-2016) —, procurando questionar radicalmente os fundamentos da modernidade ocidental.




← -