Luís Carlos Patraquim

Luís Carlos Patraquim (n. 1953), natural de Maputo, é guionista, jornalista e autor de uma vasta obra poética. Além de poeta (Monção, A Inadiável Viagem, Lidemburgo Blues, Pneuma), colaborou na imprensa moçambicana e portuguesa (A Voz de Moçambique, A Tribuna, Kuxa Kanema, Público,Jornal de Letras) e foi um dos fundadores do Instituto Nacional de Cinema e da Agência de Informação de Moçambique. Após o seu refúgio na Suécia em 1973, retorna ao seu país onde desenvolve diversos trabalhos na área da escrita para cinema e para teatro. Em 1986, fixou-se em Portugal, onde se aventurou na escrita dramática, tendo assinado Vim Te Buscar e Estaleiro Geral, peças encenadas por João Mota, co-fundador do Teatro da Comuna, e algumas obras encenadas pela companhia Bica Teatro. Consultor para a lusofonia no já extinto programa Acontece e comentador na RDP-África, recebeu em 1995 o Prémio Nacional de Poesia de Moçambique.