Michael Herr

Crítico de cinema e jornalista, Michael Herr (1940-2016) trocou a selva urbana de Nova Iorque pela de Saigão, em 1967, para cobrir a Guerra do Vietname como correspondente da Esquire. Embrenhou-se no terreno durante mais de um ano, acompanhou as tropas norte-americanas e viveu os momentos mais aterradores da guerra, entre os quais a Ofensiva do Tet e, no Inverno de 1968, o cerco de Khe Sanh. Inscreveu o seu nome no firmamento do Novo Jornalismo, ao exorcizar em Despachos toda a loucura e violência do conflito que mais marcou o imaginário contemporâneo. A sua prosa revolucionou o jornalismo de guerra, esbatendo as fronteiras entre reportagem e literatura, e a ela se renderam Hunter S. Thompson e William S. Burroughs. Foi co-argumentista de Apocalypse Now (1979), de Francis Ford Coppola, e de Nascido para Matar (1987), de Stanley Kubrick.