Novalis

Friedrich von Hardenberg, i.e. Novalis, nascido em 1772 e falecido em 1801, é (a par dos irmãos Schlegel) um dos nomes mais incontornáveis do chamado Primeiro Romantismo alemão (ou Romantismo de Jena). Autor de Os Hinos à Noite e dos Cânticos Espirituais, deixou inconcluído um extraordinário romance de formação, o Heinrich von Ofterdingen, e um grande número de fragmentos dos quais só uma pequena parte foi publicada em vida (na revista Athenäum e no Anuário da Monarquia Prussiana).

De entre os textos publicados postumamente avulta A Cristandade ou a Europa. Trata-se de um escrito redigido em 1799, sob a influência imediata da leitura dos discursos Sobre a Religião de Schleiermacher, no qual, em torno do problema da história da Europa entre a Idade Média e o futuro que se avizinha, se cruzam e articulam alguns dos tópicos que mais profundamente caracterizam o pensamento de Novalis, designadamente as oposições complementares empírico vs. absoluto, sensação vs. sentimento, intuição vs. representação, política vs. religião, filosofia vs. poesia.