Ramón Goméz de la Serna

A obra e o destino de Ramón Goméz de la Serna (1888-1963) situam-se entre os mais paradoxais. Autor precoce (os primeiros textos datam de 1904) e fecundo - os seus livros de todos os géneros ultrapassam a centena - torna-se rapidamente célebre, sendo considerado nos anos 20 o mais importante escritor da sua geração. Antes de 1930 vários dos seus livros são traduzidos, nomeadamente em francês; Valéry Larbaud, que em 1923 o instroduz em França, ao apresentar uma colectânea dos seus escritos declara: «Os três maiores escritores deste século são Proust, Joyce e Gómez de la Serna.»