As Aventuras da Mercadoria

Para uma Nova Crítica do Valor

Anselm Jappe

  • €16.20

Há relativamente poucos anos muita gente quis acreditar no «fim da história» e no triunfo final da economia de mercado e da democracia liberal. Mas o «fim da história» não durou muito. A desordem reinante vê-se uma vez mais posta em causa por todo o lado.

Tornou-se banal dizer que o mundo não é uma mercadoria, que é imperativo repudiar a «mercantilização» da vida. No entanto, ninguém ousa abordar a questão central: de onde advém exactamente esta impostura, esta inversão da realidade geralmente atribuída ao dinheiro e ao consumo? Marx respondeu a esta questão há mais de um século: os seres humanos fetichizam o «valor», fabricam um conceito todo-poderoso, um novo deus que nada tem a ver com a realidade das suas vidas nem com as respectivas necessidades.

Filósofo, Anselm Jappe vai às fontes originais recuperar o projecto de Marx e de vários autores que a ele se referem. Analisa os fenómenos recentes da globalização das crises monetárias e da bolsa, enfim, da decadência social. Evidencia ainda os motivos por que nos tornámos afinal prisioneiros de falsos conceitos e por que somos continuamente alienados por esse soberano «valor mercantil», pouco abalado pelo advento do capitalismo. Com um discurso de grande profundidade, embora sempre acessível, Jappe apresenta os fundamentos para uma crítica contemporânea ao neoliberalismo.

  • Título original Les Aventures de la Marchandise - Pour une nouvelle critique de la valeur
  • Tradução José Miranda Justo
  • 1.ª edição 2006
  • Páginas 284
  • ISBN 972-608-176-9

imprensa