J. B. Erhard

Médico e escritor, J. B. Erhard (1766-1827) interessou-se pela matemática e pela filosofia em tenra idade, estudos que prosseguiria em Jena, e exerceu medicina em Berlim. Visitou Copenhaga e Königsberg para conhecer os filósofos mais importantes do seu tempo, entre os quais Kant – com quem manteria uma fértil correspondência –, e aprofundar os seus conhecimentos. Influenciado pelo jacobinismo, publicou as suas obras maiores em 1795: Apologia do Diabo e Do Direito do Povo a Uma Revolução (Moraes Editores, 1976), sobre a legitimidade da resistência e das revoluções populares. Como ensaísta, teorizou sobre a autocracia, os direitos humanos, a justiça e as leis.