A Mulher do Chapéu de Palha

Graça Pina de Morais

  • €3.00

A mulher bateu a porta de casa e saiu para a avenida.

Quando a política estava na ordem do dia, uma mulher nem nova nem velha sai de casa para ir à praia. À luz clara da manhã, rememora a sua vida. «O que poderá ter para mim ainda um sentido?», interroga-se na viagem de eléctrico que a leva de Leça ao mercado de Matosinhos. Aí, um vendedor apregoa por um funil de lata um xarope para todos os males. No regresso, a nortada da tarde vai desagregando a seus olhos a limpidez que a manhã revelara no mar nas ruas e nas gentes. Outras impressões e devaneios infrutíferos a acompanham. Fantasia-se a viajar aos confins do universo correndo risco de vida para levar consigo esta pergunta: «por que motivo os seres humanos se brutalizam uns aos outros?» Conto de recorte autobiográfico ou alegoria sobre a acção humana no mundo, A Mulher do Chapéu de Palha constrói uma perturbadora imagem da dilaceração do sujeito. 

  • 1.ª edição 2000
  • Páginas 48
  • ISBN 972-608-118-1