Os Filhos dos Dias

Eduardo Galeano

  • €18.00

Em 1980, deflagrou na cidade brasileira de Sorocaba uma insólita manifestação popular. Em plena ditadura militar, uma ordem judicial tinha proibido os beijos que atentavam contra a moral pública. A cidade respondeu transformando‑se num enorme beijódromo. Nunca ninguém se beijou tanto.

Os Filhos dos Dias (2011) é um calendário da história humana. Em trezentas e sessenta e seis histórias, uma para cada dia do ano, Eduardo Galeano recorda heróis esquecidos e ilustres anónimos, lendas famosas e feitos de que não reza a História, mulheres e homens de todas as épocas e dos quatro cantos do mundo, compondo o mosaico colorido da grandeza e fragilidade da vida neste planeta. Diário colectivo da humanidade em que cada página encerra uma memória da sua tortuosa biografia — da caça às bruxas às sufragistas, dos colonizadores à resistência indígena, dos ensinamentos maias aos artistas do século XX —, Os Filhos dos Dias é uma celebração da diversidade, uma defesa da dignidade, mas também uma denúncia de mordaças, venenos, iniquidades. Galeano conta «a grande história do mundo a partir das pequenas histórias», com a precisão poética e força alegórica das suas narrativas breves, pelo prazer de «observar o universo pelo buraco da fechadura».

  • TÍTULO ORIGINAL Los hijos de los días
  • TRADUÇÃO Guilherme Pires
  • GRAVURA DA CAPA Luís Henriques
  • ILUSTRAÇÕES DO MIOLO Eduardo Galeano
  • 1.ª EDIÇÃO 2020
  • PÁGINAS 432
  • ISBN 978-972-608-378-8

imprensa